Portuguese English French German Italian Japanese Spanish

Antes da Viagem

Os cidadãos brasileiros estão isentos da exigência de visto para a França em viagem turística: estadas de até 90 dias. A curta permanência tem uma previsão máxima de 90 dias (a cada 180 dias); esgotados os 90 dias, o brasileiro deverá ausentar-se do território, aguardando o término do prazo dos 180 dias (contados a partir da data da primeira entrada) para a possibilidade de novo ingresso no Espaço Schengen – do qual a França faz parte – na qualidade de turista.

Na hipótese de permanência turística, o ingresso no território francês será analisado pelo agente da imigração, na fronteira.

Na oportunidade deve-se apresentar:
a) comprovantes de hospedagem na França (reserva de hotel, contrato de aluguel ou attestation d’accueil original se a hospedagem for na casa de particulares);
b) passagens de ida e volta;
c) comprovantes dos meios de subsistência (dinheiro em espécie, cheques de viagem, cheques certificados, cartões de crédito internacionais etc.) com base nos valores de 65 € por dia/por pessoa.

Importante!
Além dos requisitos mencionados acima, todos os estrangeiros (submetidos ou não a um visto de curta duração), que desejarem ingressar na França devem obrigatoriamente estar munidos de um seguro-saúde internacional e de repatriamento no valor mínimo de 30.000 € e que cubra todo o território Schengen (Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Mônaco, Noruega, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia, Suíça).

Validade do Passaporte
O passaporte deve ter validade superior a três meses a partir da data de saída do território europeu. Por exemplo, se você pretende permanecer por um mês na França, o passaporte deve ser válido por ao menos quatro meses. É recomendável viajar com um passaporte válido por pelo menos seis meses, no caso de você decidir permanecer 90 dias (permanência máxima autorizada sem visto).

Fonte: Consulado-Geral da França em São Paulo

Log in